Oferecendo atendimento social, psicológico, pedagógico e legal gratuito aos usuários, com o objetivo de auxiliar no reatamento ou fortalecimento dos vínculos familiares e potências protetivas possíveis a partir da quebra do ciclo da violência onde a família encontrasse inserida.

O trabalho desenvolvido é amplo e procura impactar além da criança, também os seus familiares e agressores. Iniciaram o trabalho em Santo Amaro (região sul da cidade de São Paulo), oferecendo 20 vagas a um abrigo da região sul. De imediato, observou-se que não bastaria atender apenas às crianças ou adolescentes que chegavam ao serviço, mas também à sua família como um todo, e, principalmente, aos responsáveis. Mesmo sendo tratados, os primeiros continuavam dentro de uma dinâmica familiar violenta e/ou incestuosa, muitas vezes reproduzindo (ou revivendo) uma história vivida primeiro por seus responsáveis. O ciclo só se interromperia com uma atenção integral à família toda. De acordo com a experiência adquirida, percebeu-se a necessidade de inclusão de um profissional da área de psicopedagogia no quadro funcional, visto que o número de crianças e adolescentes com bloqueio cognitivo, em decorrência da violência, era significativo.

As pessoas que atendemos, chegam até nossas unidades por encaminhamento de equipamentos de saúde (hospitais, UBSs, CAPS), fórum, delegacias, defensoria pública, escolas, abrigos, equipamentos e serviços da assistência social (Centros da Criança e Adolescente, Centros de Juventude, Serviço de Medida Sócio Educativa em Meio Aberto, Centro de Referência Especializado da Assistência Social), dentre outros. Algumas pessoas e famílias nos procuram espontaneamente, pedindo ajuda também.

A diretoria do Instituto Herdeiros do Futuro é 100% voluntária e a entidade conta hoje com 50 colaboradores registrados pelo regime de CLT trabalhando em tempo integral em suas 6 unidades.